Visão do negócio

Pedrosão

A primeira loja era pequena e o número de clientes crescia. “Na época as pessoas chegavam a fazer filas para conseguir um carrinho e fazer suas compras”, relembra Silvio José Pedroso. Desta necessidade de ampliar o atendimento surgiu a segunda filial, no bairro do Atalaia, em 1979. No local, hoje, há uma quitanda e uma farmácia.

Em 1980 houve um problema elétrico no depósito da loja central, o que gerou um incêndio de grandes proporções. A família enfrentou grandes dificuldades nesse período. Foram necessários seis meses de reforma e o supermercado ficou fechado. “Na época, a filial do Atalaia segurou financeiramente a empresa”, recorda Silvio.

Em 1997 a loja do Atalaia ganhou sede própria. O objetivo era oferecer mais tranquilidade e comodidade aos clientes. Quatro anos depois, a família de empresários fez um novo investimento e em sua maior e mais nova unidade.

Inaugurada no dia 17 de maio de 2006 a loja da Vila Monte Serrat atende as necessidades modernas das grandes redes de supermercado, a rede ganhou também uma nova identidade visual e logomarca.

Hoje o Pedroso conta com três lojas, mais de 300 funcionários e uma frota de caminhões e vans próprios. Tem entre seus principais diferenciais o atendimento personalizado, entregas em domicílio (feitas em toda a região, desde o Km 21 da Raposo Tavares até Vargem Grande Paulista ou no Km 54), uma linha completa em seu açougue, padaria e rotisserie, cujas receitas caseiras fazem muito sucesso na cidade.

O pequeno empório do seu Nhô Quim, no início do século 20, tornou-se um exemplo de sucesso na cidade e atualmente tem 107 anos de tradição. O segredo dessa longevidade, segundo Silvio José, está no respeito da empresa pelos seus clientes. Entre as maiores conquistas nesses anos estão a credibilidade e a confiança que eles depositam no Supermercado Pedroso. “A empresa tornou-se um ponto de encontro, o que mostra sua relação com os moradores da cidade”, completa.